Pesquisa

Categoria(s): ,

Ômega 3 varia no Salmão de cativeiro - Tabela nutricional

COMPARTILHE
Ilustração de Salmão grelhado
Essa afirmação foi feita por vários especialista, entre eles, a nutróloga da Associação Brasileira de Nutrologia, Marcella Garcez. Os estudos apontam que o Salmão selvagem, livres na natureza, contém mais o Ômega 3 do que os peixes criados em cativeiro.

Peixe Salmão e o Ômega 3


Os estudos sobre a presença dessa substância tanto nos peixes selvagens quanto os criados em cativeiros ainda são bem confusos, mas o que a maioria dos dados apontam é que o Salmão de cativeiro possui menos Ômega 3.

Até faz sentido se pensarmos na naturalidade. O primeiro ponto que devemos refletir é que os Salmões que vivem na natureza se alimentam de elementos naturais, como algas e outros organismos e não sofrem intervenção humana, como no consumo de rações. Outra diferença está na qualidade. Você pescar um Salmão e consumir rapidamente possui muito mais nutrientes do que comprar um Salmão no mercado que está congelado há vários dias.

Mas segundo a nutróloga Marcella Garcez, o Salmão é natural do Atlântico Norte e geralmente nascem na água doce, migram para o oceano, isto é, vive na água salgada e depois retornam para água doce para reprodução da espécie. Já os de cativeiro não passam por esse processo natural.

O tipo de ração altera o pigmento do Salmão, e por isso, alguns exemplares criados em cativeiro possuem mais e outros menos a presença do Ômega 3 no organismo do peixe. Exatamente pelo fato de consumirem ração, e não alimentos naturais para sua espécie, já é o indicativo maior de tanta diferença.


Comparativo entre Salmão de cativeiro e o selvagem - Salmão tabela nutricional


O portal UOL fez uma tabela comparativa entre os dois tipos de peixes, o natural e outro de cultivo artificial. Veja a tabela nutricional do Salmão cru logo abaixo:
Imagem da tabela nutricional entre Salmão selvagem e cativeiro - presença de Ômega 3 varia.


Informações elaboradas pela nutróloga Garcez e arte produzida pelo , no Brasil.
Data da foto: 19/07/2013.

Qualidade da comida japonesa no Brasil


Particularmente, sou um apaixonado pela culinária japonesa. Adoro consumir salmão cru. É tão bonito ver nos restaurantes, não é mesmo? Pois bem, levando em consideração as informações acima, será que consumimos peixes cru com qualidade? Qual será a taxa de substâncias nada saudáveis os peixes podem ter por conta do uso de rações e outros métodos não naturais?

O fato é que muitas vezes a bela cor rosa dos salmões podem ser afetadas pelas ações industriais e de indústria pesqueira. Mas o estudo afirma que mesmo sendo o Salmão cultivado em cativeiro, tem a presença do Ômega 3, mesmo que em menor quantidade.

Não é pecado comer, de vez em quando, uma comida típica japonesa.


Assine nossa news

Assine por e-mail e receba nossas postagens sobre Receitas Culinárias de sucesso.
é o autor do blog de Receitas. Atua na K2 Comunicação como consultor de SEO. Siga-me Google+ e me conheça melhor. Visite também meu site: http://www.paulosebin.com.br. Compartilhe no Facebook.
Imprimir Receitas Culinárias


0 comentários:

Postar um comentário

Comente nossos conteúdos destinados exclusivamente para você. Opine, faça uma crítica e também dê sugestões.

Entre em contato

Deseja entrar em contato? Fique a vontade e mande uma mensagem.

Nome E-mail * Mensagem *

Receba as receitas